FacebookTwitterYoutubeInstagramWhatsapp

Plataforma de Atualização Diária

Imagem Desdobramento
Saúde
Doentes com hepatite C esperam dois a quatro meses por tratamento
segunda-feira, 17 fevereiro 2020 12:04
A associação de doentes SOS Hepatites chamou à atenção para os atrasos nos tratamentos dos doentes com hepatite C nos hospitais mais pequenos do interior do país, lembrando que a espera pela medicação chega, por vezes, a quatro meses. O alerta foi dado na passada sexta-feira, dia 14 de fevereiro.
 
“Está melhor do que estava há um ano, em que se esperava entre nove e 12 meses. Neste momento isso não acontece, mas mesmo assim ainda esperamos dois a quatro meses”, refere Emília Rodrigues, cofundadora e presidente da entidade, em declarações à agência Lusa.
 
A responsável lembra ainda as implicações que a espera pelo medicamento podem trazer para a saúde do doente, já que “o fígado continua a degradar-se”.
 
Os atrasos mais extensos surgem nos hospitais mais pequenos, no interior do país. Desde o final de 2017, os pagamentos ficaram a cargo das administrações hospitalares, sendo que antes eram da responsabilidade da Administração Central do Sistema de Saúde.
 
“É mesmo uma questão economicista. Eu também entendo as administrações hospitalares e a lei dos compromissos. O doente é que não pode sofrer por causa disso”, conclui.
 
Fonte: Lusa

PUBLICIDADE

© 2020 Vital Health | Todos os direitos reservados | Designed by IPSPOT_ and Developed by Webview