FacebookTwitterYoutubeInstagramWhatsapp

Plataforma de Atualização Diária

Imagem Desdobramento
Saúde
É doente reumático? A Sociedade Portuguesa de Reumatologia deixa-lhe recomendações sobre o covid-19
quarta-feira, 25 março 2020 10:59
Tendo em conta o contexto epidemiológico de Portugal e do mundo, a Sociedade Portuguesa de Reumatologia (SPR) elaborou um documento para esclarecer as dúvidas dos doentes reumáticos, que, embora não sejam considerados como parte do grupo de risco, poderão sofrer complicações em situação de contágio.
 
“A infeção por coronavírus pode ser assintomática ou, na maioria dos casos, apresentar-se com sintomas ligeiros. Os sintomas mais frequentes são febre, tosse, fadiga, dores musculares e, por vezes, vómitos e diarreia. Nos casos mais graves, e menos frequentes, pode complicar-se com pneumonia”, relembra a SPR.
 
A entidade salienta que as complicações mais graves ocorrem, normalmente, em pessoas mais vulneráveis, como idosos e portadores de doenças crónicas, ainda que doenças reumáticas não tenham sido incluídas neste leque. No entanto, devido à falta de medidas concretas a tomar, e não dispondo, para já, de tratamento ou vacina eficazes, a SPR recomenda que quem esteja a tomar medicamentos imunossupressores não deve, para já, suspender os seus tratamentos, nem reduzir a sua dose. No caso de contágio confirmado, a medicação deverá ser ajustada de acordo com as indicações do reumatologista.
 
Além disso, o risco de cada doente deve ser avaliado de forma individualizada pelo seu reumatologista assistente, pelo que em caso de dúvida deve contactar o seu médico. A SPR salienta ainda que não deve tomar novos medicamentos sem contactar o seu reumatologista, mesmo que digam que o protegem do vírus.
 
De acordo com a Sociedade, deve também evitar deslocações ao hospital, dando preferência a consultas não presenciais, podendo estas ser efectuadas à distância, de acordo com o indicado pelos serviços de saúde. No caso de necessitar de levantar medicação na farmácia hospitalar, confirme localmente se o pode fazer através de outra pessoa ou por outro meio, já que estão a ser implementadas medidas nesse sentido, adianta a SPR.
 
A entidade apela ainda a que todos os doentes sigam as normas indicadas pela Direção-Geral da Saúde (DGS) (https://covid19.min-saude.pt/perguntas-frequentes/), e que, se apresentar sintomas de covid-19, ligue para o SNS24 ou para o seu médico assistente e siga as instruções por eles indicadas, não se dirigindo ao hospital, nem centro de saúde.
 

PUBLICIDADE

© 2020 Vital Health | Todos os direitos reservados | Designed by IPSPOT_ and Developed by Webview