FacebookTwitterYoutubeInstagramWhatsapp

Plataforma de Atualização Diária

Imagem Desdobramento
Saúde
Stock de insulina no país é suficiente, garante Associação Protectora dos Diabéticos de Portugal
sexta-feira, 27 março 2020 11:02
A Associação Protectora dos Diabéticos de Portugal (APDP) garante que não há rutura de stock de insulina no país. O organismo adianta que a mesma informação lhe foi dada pela Autoridade Nacional do Medicamento e Produtos de Saúde (Infarmed).
 
“Queremos tranquilizar as pessoas com diabetes que possam temer não ter medicamentos para as próximas semanas. Perante a denúncia de escassez de insulina feita hoje pela comunicação social, falámos com o Infarmed, que nos garantiu que as empresas que fabricam este medicamento estão a reforçar os stocks de forma a garantir que não há falhas de fornecimento durante esta crise que atravessamos”, sublinha José Manuel Boavida, presidente da APDP.
 
Perante a declaração do estado de emergência, em vigor desde o dia 18 de março, a associação relembra ter recomendado que todas as pessoas com diabetes deveriam ter em casa medicação suficiente para dois meses, devido ao aumento da previsão de duração da epidemia. Deveriam ainda ter material de autovigilância e toda a medicação que tomam habitualmente para outras doenças, nomeadamente para o aparelho cardiovascular e medicação para a febre, como o paracetamol.
 
Ainda assim, o responsável garante que a Associação continuará “a acompanhar atentamente esta situação e aconselhar todas as pessoas com diabetes a adquirir apenas as quantidades de medicamentos de que realmente necessitam, para que não se registem demoras na reposição de stocks nas farmácias. O açambarcamento é grave no que toca aos produtos alimentares e também no que toca aos medicamentos”, salienta.
 
A APDP criou uma linha de atendimento telefónico gratuito para prestar aconselhamento especializado às pessoas com diabetes, evitar deslocações desnecessárias e reduzir a possibilidade de contágio no período em que durar pandemia de covid-19. Numa primeira fase, o novo serviço está disponível das 8h00 às 20h00, incluindo fins-de-semana, através do número 21 381 61 61.
 
Neste momento, Portugal regista 4268 casos de infeção e 76 mortes devido ao novo coronavírus, conforme as informações do último boletim epidemiológico da DGS. De notar que dos infetados, 43 pessoas já recuperaram.
 
O país está em estado de emergência desde as 00h00 do dia 19 de março, até às 23h59 do dia 2 de abril.
 
O novo coronavírus, responsável pela pandemia de covid-19, já infetou mais de 549 mil pessoas em todo o mundo, das quais morreram cerca de 25 mil. Dos infetados, cerca de 129 mil já recuperaram.
 
 

PUBLICIDADE

© 2020 Vital Health | Todos os direitos reservados | Designed by IPSPOT_ and Developed by Webview