FacebookTwitterYoutubeInstagramWhatsapp

Plataforma de Atualização Diária

terça-feira, 04 julho 2017 16:06

Doenças alérgicas têm vindo a aumentar

As doenças alérgicas têm vindo a aumentar um pouco por todo o mundo nas últimas décadas, e Portugal não é exceção. Estima-se que, no país, as doenças alérgicas afetem um terço da população. Dados recentes mostram que 30% dos portugueses sofrem de rinite, 18% tem, simultaneamente, queixas de conjuntivite, e cerca de 7% tem asma.

 

Publicado em Saúde Pública
terça-feira, 04 julho 2017 16:11

Alérgenos mais frequentes

As principais causas de doença alérgica respiratória são os ácaros do pó doméstico e os pólenes. As alergias podem ocorrer ao longo de todo o ano, mas é na primavera que há mais casos registados – com sintomas no nariz (rinite), nos olhos (conjuntivite) ou nos brônquios (asma) –, uma vez que coincide com a polinização das plantas, que em Portugal vai de fevereiro a outubro, com um pico de março a junho.

 

Publicado em Saúde Pública
terça-feira, 04 julho 2017 16:24

A pele requer atenção

A pele é o maior órgão do corpo humano e funciona como uma barreira entre o ambiente e o sistema imunitário, por isso é natural que as alergias cutâneas tenham tido também um aumento de prevalência. As doenças alérgicas cutâneas mais comuns são a dermatite atópica (ou eczema atópico), a urticária/angioedema e a dermatite de contacto alérgica (eczema de contacto).

 

Publicado em Saúde Pública
terça-feira, 04 julho 2017 16:26

O caso das alergias alimentares

A modificação dos hábitos alimentares e o crescente consumo de alimentos processados industrialmente tem contribuído para o aparecimento de novas sensibilizações e alergias alimentares.

 

Publicado em Saúde Pública
terça-feira, 04 julho 2017 16:28

Recomendações para uma vida com mais qualidade

Os doentes alérgicos podem controlar a doença de forma eficaz e melhorar a sua qualidade de vida. Para tal, devem estar bem informados pelo seu médico imunoalergologista sobre o modo de prevenir as manifestações e controlar os sintomas, fazendo a medicação que lhes for recomendada.

 

Publicado em Saúde Pública
No próximo dia 8 de julho assinala-se o Dia Mundial das Alergias. Uma das principais soluções para a redução das alergias recai numa correta e regular limpeza e higienização dos diferentes espaços da sua habitação. A empresa de arquitetura e consultoria em saúde Habitat Saudável dá a conhecer algumas dicas.

 

Publicado em Dicas
Em 2017, as farmácias venderam mais de seis milhões de embalagens de anti-histamínicos e os portugueses gastaram 31,5 milhões de euros a comprá-las. Os dados foram divulgados ontem, 8 de julho, pela Autoridade Nacional do Medicamento e Produtos de Saúde (Infarmed), a propósito do Dia Mundial da Alergia.

 

Publicado em Saúde

A 8 de julho celebra-se o Dia Mundial da Alergia, data instaurada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) para alertar as pessoas para a importância do diagnóstico e tratamento das alergias. Para desmistificar alguns conceitos em torno das doenças alérgicas, o Vital Health conversou com presidente da Sociedade Portuguesa de Alergologia e Imunologia Clínica (SPAIC), Elisa Pedro. 

 

Publicado em Entrevistas
Hoje, dia 8 de julho, assinala-se o Dia Mundial da Alergia, uma iniciativa conjunta da Organização Mundial da Saúde (OMS) e da Organização Mundial da Alergia (WAO), com o objetivo de sensibilizar a população para a importância de diagnosticar e tratar adequadamente as patologias alérgicas. A Sociedade Portuguesa de Alergologia e Imunologia Clínica (SPAIC) alia-se à causa, relembrando que algumas patologias alérgicas podem representar um fator de agravamento para a COVID-19.
 
Publicado em Saúde

PUBLICIDADE

© 2020 Vital Health | Todos os direitos reservados | Designed by IPSPOT_ and Developed by Webview