FacebookTwitterYoutubeInstagramWhatsapp

Plataforma de Atualização Diária

universidade de viena artigoO stress, o medo e a ansiedade podem diminuir com um abraço a uma pessoa de quem se gosta, segundo um estudo da Universidade Médica de Viena, Áustria. Pode igualmente ajudar a controlar a tensão arterial e até mesmo melhorar a memória.

Publicado em Saúde
terça-feira, 27 setembro 2016 12:18

Porque é que nos esquecemos de tomar a pílula?

O Passeio Marítimo de Algés recebeu ontem, ao fim da tarde, mais uma ação da campanha “A liberdade começa agora”, na qual diversas figuras públicas ficaram a conhecer os benefícios da contraceção de longa duração, para além das conclusões de um estudo internacional desenvolvido pela Bayer que demonstrou que o stress do dia-a-dia pode potenciar o esquecimento de determinados hábitos diários, nomeadamente a toma da pílula contracetiva. Veja algumas imagens deste momento. 

 

Publicado em Saúde
Para compreender a forma como a performance da internet móvel afeta as emoções e os níveis de stress dos utilizadores, a Vodafone em parceria com a Ericsson, analisou as emoções dos utilizadores de rede móvel num estudo baseado na Neurociência.

 

Publicado em Bem-Estar
quarta-feira, 10 maio 2017 12:05

Stress no trabalho? Saiba como geri-lo

O stress pode ser causado por uma série de fatores e, normalmente, está relacionado com situações incómodas no trabalho ou na vida pessoal. O problema acontece quando os níveis de stress se tornam “excessivos e difíceis de controlar”, explica Júlia Machado, psicóloga no Hospital Lusíadas Porto. Além de contribuir para o aumento de absentismo e redução da produtividade, o stress aumenta o risco de doenças cardiovasculares, músculo-esqueléticas e mentais (como a depressão, a ansiedade e a perturbação de pânico). Identificar o problema é o primeiro passo a dar. Conheça algumas estratégias para colocar em prática no dia a dia e evitar momentos de stress.

 

Publicado em Dicas
Com o final das férias de verão, aproxima-se o tão receado regresso ao trabalho. Segundo a Agência Europeia para a Segurança e Saúde no Trabalho (EU-OSHA), 51% dos europeus sofre de stress relacionado com a sua atividade laboral, um número que aumenta todos os anos. Os elevados níveis de ansiedade estão relacionados com um pico de volume de trabalho - emails acumulados, necessidade de estar constantemente ligado ao computador e smartphone ou pressão para atingir objetivos.

 

Publicado em Dicas
Ao contrário do quer seria de esperar à partida, metade dos homens inquiridos por um estudo britânico revelaram sentir-se deprimidos ou tristes durante o Natal. Os especialistas sugerem que a solidão, a insegurança, a perda de familiares, as lembranças de infância e a falta de bom convívio familiar, são os principais motivos para essa vulnerabilidade, onde os homens assumem um lugar de destaque.

 

Publicado em Dicas
Sabia que o stresse, a ansiedade e a depressão podem dar origem ao burn out? Conhece os sintomas e os sinais de perigo? Cansaço, irritabilidade, insónia, dores musculares, depressão, ansiedade, dores de cabeça, nervosismo, diminuição de apetite sexual, incapacidade de resolver problemas e confusão mental são alguns dos problemas que condicionam a qualidade de vida de cerca de 90% da população. A epidemia mundial é "diagnosticada e tratada" no livro “Burn Out, o Tratamento Natural para o Stresse, Ansiedade e a Depressão”, do nutricionista e naturopata João Bravo, que, esta semana, chega às livrarias, editado pela Casa das Letras.

 

Publicado em Bem-Estar

No dia 26 de setembro a Ideias de Ler publica um guia prático e essencial para lidar com uma das mais desafiantes consequências dos quotidianos acelerados e exigentes: o stress. Com a estratégia de “À prova de stress”, de Mithu Storoni, aliviar os sintomas e a forma como se lida com este fenómeno vai tornar-se mais simples.

 

Publicado em Bem-Estar
segunda-feira, 28 outubro 2019 11:30

O que faz para controlar o stress?

Sabe-se que o stress tem impacto na saúde física e mental, pelo que é cada vez mais importante ter ferramentas e estratégias de gestão para conseguir controlá-lo. A Saúde CUF partilha consigo algumas informações importantes sobre este problema, que, segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS) foi considerado a epidemia de saúde do século XXI.

  

Publicado em Dicas
segunda-feira, 11 novembro 2019 11:55

Stress, a epidemia de saúde do século XXI

Na passada quarta-feira, dia 6 de novembro, assinalou-se o Dia da Consciencialização do Stress. A Organização Mundial de Saúde (OMS) classificou o stress como a "epidemia de saúde do século XXI", uma vez que afeta cada vez mais pessoas a um nível global e constituindo uma realidade inescapável no mundo de hoje.
 
Publicado em Saúde
Pág. 1 de 2

PUBLICIDADE

© 2020 Vital Health | Todos os direitos reservados | Designed by IPSPOT_ and Developed by Webview